Skip to content

O Mestre de Obras

30/11/2010

Quero indicar essa peça. Quero muito.

A peça é sobre a formação de uma equipe para a construção da casa perfeita. Falta o arquiteto. Na contratação, é solicitado que o arquiteto conte uma história, assim como cada membro da excêntrica equipe conta a sua a ele. Metáforas dentro de metáforas, a peça, sempre com bom-humor e às vezes com a tensão necessária, abre espaço para sua interpretação e para uma reflexão geral sobre a vida, sobre o mundo, sobre as relações, sobre o que você quiser, pois cabe tudo.

O texto é muito bom (mesmo), de um jovem dramaturgo – Julio Santi. E a encenação é impecável. O desenho de luz, cenários, figurinos, desculpa, mas são impecáveis.

Parabéns pra toda a equipe, que é toda jovem, mas não tem nada de amadora.

E mais um ponto positivo, que é importante salientar, ainda mais nesse blog (que se preocupa tanto com o rumo da internet em todas as esferas da vida), é que eles têm um BELO site, onde inclusive é possível comprar os ingressos (sem a merda da taxa de conveniência, pois não estão vinculados àqueles sites chatos de ingressos):

O mestre de obras

Eles estão no Teatro Augusta, às quartas e quintas – 21h

 

É isso.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: